Carrinho 0

Você sabe montar um bom currículo?

Já recebi currículos de endereços de e-mails como "maria_gatinha_sexy@hotmail.com", "carlosmaravilhoso@gmail.com" e outros do tipo; já recebi currículos escritos em letras tão miúdas que precisei espremer os olhos para tentar ler alguma coisa; já recebi currículos em letras tão garrafais que me pareceram um "disfarce" para preencher a página mais rapidamente; já recebi currículos com fotos bastante inapropriadas e indiscretas. Também já recebi currículos com informações no mínimo desnecessárias, como "gosta de cozinhar", "paraquedista nas horas vagas" e "sabe tocar piano". 

E você? Como é o seu currículo?

Muitos destes candidatos não chegam a uma seleção de fato porque o seu currículo é barrado pelo recrutador neste momento - e os candidatos muitas vezes nem têm ideia do motivo. Endereços de e-mail como os citados acima não são vistos seriamente e muitas vezes o recrutador nem abre o currículo - pode até ser que seja de um candidato em potencial, mas não dá para levar "maria_gatinha_sexy@hotmail.com" a sério. Vários outros deslizes impedem que o currículo seja passado adiante e o candidato nunca é chamado a entrevistas. Então, o objetivo deste post aqui é dar algumas dicas para serem levadas em consideração no momento de montar o seu currículo.

Seja breve

Seu currículo deve ter, no máximo, duas páginas. O ideal é que tenha apenas uma página. Resuma as suas habilidades e experiências de forma a instigar o recrutador a marcar uma entrevista com você para saber mais - e não o contrário. As informações devem ser claras e concisas. E deixe de lado os seus hobbies ou gostos pessoais. Escreva o texto em fonte Arial ou Times New Roman tamanho 12. Evite usar fotos - mas, caso você realmente queira usar uma foto, então use uma imagem que transmita profissionalismo. Em outras palavras: não coloque aquela sua foto tirada na praia em trajes de banho, ou com uma garrafa de bebida alcoólica na mão. 

Formação / Experiências Profissionais

A formação deve ser elencada de forma decrescente, sempre. Coloque datas sempre que possível. Quanto à experiência profissional, RESUMA as suas habilidades, conhecimentos e projetos já realizados. Fale sobre os resultados atingidos, por exemplo, mas não dê detalhes sobre como chegou lá - deixe isso para a entrevista. Também omita experiências profissionais curtíssimas. Caso fale algum idioma, cite a língua e o nível de fluência. Lembrem-se de que TODAS as informações que estão em seu currículo podem ser verificadas e checadas. Então, não diga que tem conhecimentos avançados em francês se não for verdade. Você pode precisar passar por uma entrevista em francês ou por uma prova escrita.

Dados Pessoais

Seja conciso: coloque o seu nome completo, endereço e contato. Só. Não é necessário incluir CPF, estado civil, o número de filhos... Novamente: isto não interessa ao recrutador. Como já dissemos anteriormente, evite colocar foto.

Hobbies / Outras habilidades e conhecimentos

ESQUEÇA os seus hobbies. Eles não devem fazer parte de um currículo profissional. E habilidades e conhecimentos apenas devem ser citados caso sejam essenciais ao cargo. Habilidades como conhecimento em Word, Windows, Excel, etc. não precisam ser mencionadas. Lembre-se sempre de que o seu currículo deve ser interessante, e não excessivo.

 

Esperamos que tenha achado as dicas úteis. E vale lembrar: CUIDADO COM A LÍNGUA PORTUGUESA. Não maltrate a nossa "Flor do Lácio", certo? Erros de ortografia em currículos são imperdoáveis, já que os corretores ortográficos estão aí para serem usados. E se não souber escrever alguma coisa, NÃO ESCREVA. Simples assim. Menos é mais, sempre!



Postagem anterior Postagem seguinte


Deixe um comentário

Observe que os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados