Carrinho 0

Por que, por quê, porque, porquê - como usar

dia-a-dia dicas

Olá, amigos!

Como, quando e onde usar por que, por quê, porque e porquê são estão entre as perguntas mais recorrentes que recebemos acerca da nossa Língua Portuguesa. Por isso, o post de hoje visa esclarecer este tópico para que você aprenda, de uma vez por todas, as diferenças entre por que, por quê, porque e porquê.

1) Por que

a) Usa-se por que nas perguntas. Por exemplo: Por que você não me ligou antes? / Por que estamos discutindo isso?

b) Usa-se o por que sempre que as palavras motivo e razão estiverem subentendidas ou expressas. Por exemplo: Não sei por que razão ele não disse a verdade. / Eles brigaram. Eis por que (razão/motivo) estão separados.

c) Sempre que o por que puder ser substituído por para que ou pelo qual, pela qual, pelos quais e pelas quais. Por exemplo: Estávamos torcendo por que (para que) ele se recuperasse da cirurgia. / Esta é a rua por que (pela qual) seguimos ontem.

2) Por quê

Usa-se o por quê ao encerrar a frase nos casos previstos no item anterior. Por exemplo: Ele não disse a verdade. Mas por quê? / Sei que eles brigaram. Por quê?

3) Porque

Usa-se o porque quando equivalente a uma vez que, pois, pelo fato ou motivo de que: Não falei a verdade porque não queria magoá-la. / O negócio foi cancelado porque uma das partes desistiu. / O número de páginas do jornal foi reduzido porque há poucos anunciantes? 

4) Porquê

Usa-se o porquê quando substitui as palavras razão, causa, motivo, indagação ou pergunta, como substantivo. Por exemplo: Não sei o porquê de terem brigado novamente. / Há vários porquês naquela reportagem que não são esclarecidos. / O negócio foi cancelado, eu sei, mas eles dizem o porquê?

Pronto! Sabemos que é um pouco complicado, mas, se você prestar bastante atenção a estas peculiaridades, vai pegar o jeito em breve e saberá sempre qual forma usar.

Até a próxima!



Postagem anterior Postagem seguinte


Deixe um comentário

Observe que os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados