Carrinho 0

O tradutor nativo é melhor? Mito!

Hoje pela manhã uma cliente, ao solicitar orçamento para a versão de um manual técnico do português para o inglês e para o espanhol, foi bastante específica: gostaria que a versão fosse feita por tradutores nativos "para garantir um serviço com alta qualidade". Cara cliente, sinto desapontá-la. Não há qualquer garantia de qualidade porque o tradutor é falante nativo do idioma para o qual o texto será traduzido.

A boa qualidade de um serviço pode ser garantida pelo estudo, pelo treinamento, pela formação, pelo conhecimento do tradutor. Tomemos como exemplo a própria cliente, brasileira, gerente de uma empresa aqui no Brasil - segundo consta na assinatura do e-mail dela. Suponho que ela seja falante nativa da língua portuguesa; será que isto por si só é uma qualificação ou um pré-requisito? 

O que faz um bom tradutor é o que faz qualquer bom profissional em sua área: estudo, treino, conhecimento, prática. Quanto mais ele estuda e aprofunda os seus conhecimentos, melhor ele será. Ao recomendar um médico há alguns dias, endossei a minha indicação dizendo que ele é bem informado, atualizado e conhece as tecnologias mais recentes de sua área de especialidade. Acho que este é um dos motivos pelos quais confio neste médico em especial. Caso ele tivesse parado no tempo e não se atualizasse quanto às mais novas técnicas e procedimentos, não sei se confiaria tanto nele a ponto de fazer três cirurgias com ele - ele é neurocirurgião.

Está na hora de deixarmos para trás este pensamento retrógrado de que somente um nativo é capaz de ser um bom tradutor. Bons tradutores são aqueles que estudam para isso, ponto. Nativos são apenas aqueles que falam um idioma por terem nascido em um determinado país. Não significa que possam dar aula daquele idioma ou traduzir de um idioma para o outro. Vamos valorizar a formação e o estudo. Um tradutor é muito maior do que uma certidão de nascimento.



Postagem anterior Postagem seguinte


Deixe um comentário

Observe que os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados